• Siga o Meia-Hora nas redes!

Preso suspeito de matar

Acusado de crime na Barra da Tijuca é primo do ex-marido da vítima

Paulo Maurício foi flagrado por câmeras de um shopping seguindo Karina em um carro preto
Paulo Maurício foi flagrado por câmeras de um shopping seguindo Karina em um carro preto - Divulgação / Polícia Militar

O suspeito de ter matado a corretora Karina Garofalo, de 44 anos, no último dia 15, na Barra da Tijuca, se entregou ontem à polícia, em Volta Redonda, no Sul do Estado. Paulo Maurício Barros Pereira será ouvido e encaminhado ao sistema prisional, onde vai ficar até a Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) definir qual a sua participação no crime. Havia recompensa de R$ 1 mil por informações sobre seu paradeiro.

A corretora imobiliária foi morta a tiros quando estava com o filho de 11 anos. Paulo Maurício é primo do ex-marido de Karina, Pedro Paulo Barros, que é o suspeito de ser o mandante do assassinato e continua foragido.

No dia do crime, Karina almoçou com o filho em um shopping perto da sua residência. Câmeras de segurança flagraram Paulo Maurício seguindo a vítima em um carro preto. Pelas imagens, o filho de Karina o identificou.

Nas imagens das câmeras, uma moto que pertence à namorada do ex-marido de Karina foi vista sendo pilotada por um homem de capacete, e acompanhava o carro de Paulo Maurício. A polícia suspeita que era o Pedro Paulo quem pilotava a motocicleta.

A DH também conseguiu as imagens do momento da execução e da fuga do assassino. Uma das câmeras de segurança do Condomínio Santa Mônica, na Avenida das Américas, flagrou quando ele jogou a arma do crime num matagal. No seu depoimento aos policiais, o filho contou à polícia que Paulo Maurício foi quem atirou em sua mãe. Ele afirmou: 'Papai mandou matar mamãe'. Além disso, segundo os investigadores, como o menino joga bastante videogame, identificou que a arma usada tinha um silenciador.

Karina e o ex-marido brigavam na Justiça por uma herança de mais de R$ 3 milhões. Além disso, o ex-marido tinha ciúmes de Karina, que estava feliz em um relacionamento com outro homem.

Galeria de Fotos

Paulo Maurício foi flagrado por câmeras de um shopping seguindo Karina em um carro preto Divulgação / Polícia Militar
Karina foi assassinada quando estava com o filho Arquivo Pessoal

Comentários

Mais notícias