• Siga o Meia-Hora nas redes!

Namorada diz que militar morto queria casar

A namorada do soldado do Exército Marcus Vinicius Viana, de 22 anos, morto durante megaoperação das forças de segurança nos complexos do Alemão, Maré e Penha, na Zona Norte do Rio, fez um desabafo emocionante, ontem, pouco antes do sepultamento dele, no cemitério de Ricardo de Albuquerque, na Zona Norte.

Chrystyanne Coelho publicou a última conversa que os dois tiveram pelo WhatsApp, na madrugada de segunda-feira, antes da operação. Em um trecho da conversa, Marcus a chamou de "minha futura esposa" e ela pediu para ele ter cuidado.

Juntos desde a adolescência, eles planejavam se casar e formar uma família. A última vez que se viram foi no domingo. Marcus estava na casa dela quando recebeu ligação de convocação para a operação.

Militares do 2º Batalhão de Infantaria Motorizada, do qual Marcus Vinicius fazia parte, prestaram homenagens ao colega, enterrado com honras militares. Ele era o caçula de três irmãos e morava com mãe e pai.

Comentários

Mais notícias