• Siga o Meia-Hora nas redes!

Círio de Nazaré no Rio

Feira de São Cristóvão recebe imagem peregrina

O Rio de Janeiro herdou uma tradição católica de Belém do Pará: o Círio de Nazaré. Neste domingo, a partir das 13h30, na Feira de São Cristóvão (Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas), a imagem peregrina da Virgem de Nazaré será recepcionada com muita festa, fogos e manifestações de devoção dos fiéis.

"Aqui na Feira de São Cristóvão o respeito à devoção dos feirantes e tradições estão em primeiro lugar", diz a gestora municipal do Centro Municipal, Magna Fernandes.

Esta é a décima edição do Círio de Nazaré na cidade, trazido ao Rio pelo Cardeal Dom Orani João Tempesta, que por quatro anos foi arcebispo de Belém do Pará. O Círio de Nazaré ocorre tradicionalmente no segundo domingo de outubro em Belém do Pará e, neste ano de 2018, trará como tema: "Uma jovem chamada Maria".

Um 'minicírio' será realizado na Feira de São Cristóvão com a distribuição de pedaços da corda utilizada durante a procissão pelos romeiros que testemunham sua devoção. Acolhendo a imagem peregrina vinda diretamente de Belém pela décima vez, os feirantes e visitantes da feira, juntamente com o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, realizarão a troca do manto de Nossa Senhora de Nazaré, que fica exposta em um oratório localizado no local.

Segundo o presidente da Associação Cultural Nossa Senhora Rainha de Todos os Santos, Flávio Xavier, a expectativa é grande por receber mais uma vez a imagem da Santa. "É sempre um motivo de muita alegria, prazer, e acima de tudo, de muita honra. Apesar de não ser uma instituição religiosa estabelecida, a fé do povo torna o local um dos maiores centros de veneração a Nossa Senhora", finalizou o feirante.

Comentários

Mais notícias