• Siga o Meia-Hora nas redes!

A revolução do detalhe

Foto da coluna do Clovis Monteiro do dia 10.09.18
Foto da coluna do Clovis Monteiro do dia 10.09.18 - Divulgação

Um dos momentos de maior sucesso de minhas palestras motivacionais é quando ensino os cinco passos para o desenvolvimento pessoal.

Para que a plateia entenda e grave na mente com mais facilidade, peço que todos levantem a mão esquerda. A partir daí, começo a associar cada dedo a um princípio importante: o dedo polegar deve lembrar a sua identidade, serve pra refletir sobre quem você é e como você é visto pelas pessoas.

O dedo polegar, que lembra sua impressão digital, significa sua imagem e como você pode melhorar sua reputação. O dedo indicador lembra a direção que você dever tomar na busca de seus objetivos, na conquista de seu sonho.

O dedo do meio deve nos lembrar da importância da comunicação em nossa vida e nos relacionamentos. Não é por acaso que é o dedo maior. A comunicação pode fazer a diferença na busca do sucesso e da felicidade. O dedo anular (onde usamos a aliança de casamento) deve representar a capacidade de trabalharmos em equipe. O dedo do anel, deve lembrar a união, a importância das parcerias e associações com objetivos comuns.

E o dedo mínimo, o menor de todos, serve para representar o detalhe: os fundamentais detalhes do dia a dia. Pode não parecer, mas no detalhe residem as virtudes de quem vence na vida, supera limites e cresce como ser humano.

Por exemplo: se fizermos o esforço possível (sem grandes sacrifícios) de melhorar algum ponto de nossa personalidade um pouquinho a cada dia, sem dúvida, vamos observar nosso desenvolvimento pessoal e teremos mais chances de realizar nossos sonhos.

Comentários

Mais notícias