• Siga o Meia-Hora nas redes!

Outros suspeitos

Segundo as investigações da Polícia Federal (PF), um segundo suspeito de envolvimento no ataque foi detido, ouvido e liberado, mas segue sendo investigado não por colaborar com o ataque, mas por incitação à violência. Há indícios de que um terceiro suspeito também esteja na mira da PF e da Polícia Civil de Minas Gerais, que coletou mensagens trocadas por Adélio com os outros investigados.

Comentários

Mais notícias