• Siga o Meia-Hora nas redes!

Cara de pau preso

Dava rolé em frente à DP com carro roubado

O ladrão deixou o carro morrer e foi detido em frente à delegacia
O ladrão deixou o carro morrer e foi detido em frente à delegacia - divulgação

Cinquenta minutos depois de ter o carro roubado perto do Arco Metropolitano, um motorista de Uber recuperou o veículo na porta da delegacia onde prestava queixa, em Nova Iguaçu, na quinta-feira. É que o ladrão estava passeando com o carro, quando o automóvel "morreu" justamente em frente à unidade policial.

"A vítima começou a gritar: 'Olha o meu carro! Olha o meu carro ali!'", recorda o inspetor Carlos Salbego, da 58ª DP (Posse). Os inspetores Marco Oliveira e José Carlos pularam o balcão da delegacia e, de arma em punho, renderam o bandido, quando ele tentava escapar a pé, e o carro foi recuperado.

O roubo aconteceu por volta das 16h30 de quinta-feira. Cinco homens armados fecharam a Rua Coronel Alberto de Melo, próximo ao Arco Metropolitano, em Vila de Cava, e começaram a assaltar os motoristas. "Era um arrastão", explicou o inspetor Salbego. Os criminosos roubaram uma caminhonete e mais dois carros, um deles, o do motorista, de 22 anos, que pediu para não ser identificado. Ele conversava com os agentes no balcão da delegacia, quando olhou para trás e viu um carro igual ao dele na rua. "Reconheci meu carro pela roda e pelo teto solar. O trabalho dos policiais foi muito rápido. Devo muito a eles", elogiou. "O ladrão deixou o carro morrer em frente à delegacia umas duas vezes", lembra. Segundo a vítima, o carro tem kit gás e morre quando o ar-condicionado é ligado.

A vítima contou que nem chegou a registrar o roubo. "Me devolveram o carro e fui embora. Recuperei o carro, o celular e os documentos. Só perdi o relógio".

O preso, que estava desarmado, foi identificado como David Luiz da Silva Sabino, de 25 anos e morador de Belford Roxo.

Comentários

Mais notcias