• Siga o Meia-Hora nas redes!

Homem que atropelou avó e netos é liberado

Carro usado no crime é apreendido em oficina de mecânico

O carro foi localizado em uma oficina, passando por reparos
O carro foi localizado em uma oficina, passando por reparos - Divulgação/PCERJ

O homem acusado de ter atropelado uma idosa e os dois netos, no dia 13 de setembro, foi conduzido, nesta quinta-feiram, à 33ª DP (Realengo) para prestar depoimento. O acidente aconteceu na Estrada do Catonho, em Jardim Sulacap, na Zona Oeste. Segundo a Polícia Civil, o motorista foi localizado em uma casa em Bangu.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o motorista estaria dirigindo um Renault Logan na hora do acidente, que ocorreu por volta das 20h do dia 13 de setembro. O veículo foi apreendido em uma oficina. Após prestar depoimento, ele foi liberado e deverá responder pelos crimes de homicídio culposo (sem intenção de matar) e fraude processual (tentar fazer com que o veículo não fosse descoberto).

Miriam Moura, de 60 anos, tinha deixado os netos, Raphael Coelho, de 4 anos, e Kaio Coelho, de 7, na explicadora, no início da tarde, em Realengo, e por volta das 16h foi para uma igreja no mesmo bairro. Quando deixou o culto, a idosa pegou os dois meninos, pararam em uma padaria para um lanche rápido e entraram no ônibus para voltarem para casa.

Trecho sem sinalização

A avó e os netos tinham acabado de desembarcar de um ônibus, na Estrada do Catonho, por volta das 20h, atravessaram as pistas e, quando já chegavam do outro lado, no sentido do Cemitério Jardim da Saudade, foram atingidos por um carro, que os arremessou a uma distância de 400 metros. O trecho não tem sinalização e o motorista do veículo fugiu sem prestar socorro.

Galeria de Fotos

O carro foi localizado em uma oficina, passando por reparos Divulgação/PCERJ
Matheus Savio é forte candidato a entrar na vaga de Diego Gilvan de Souza / Flamengo

Comentários

Mais notcias