• Siga o Meia-Hora nas redes!

Vitória contra a injustiça

Victor de Oliveira, de 27 anos, preso no início do mês sob a acusação de ser miliciano e de ter participado do assassinato de quatro pessoas em Guapimirim, em 2016, deixou ontem o presídio Evaristo de Moraes, em São Cristóvão, na Zona Norte. Ele ficou 15 dias na cadeia, por um erro da Polícia Civil. Ele havia sido preso no último dia 5, após ir à delegacia para resolver questões sobre uma moto, vendida pouco tempo antes. Lá, agentes verificaram a existência de um suposto mandado de prisão em aberto e o prenderam.

Comentários

Mais notcias