• Siga o Meia-Hora nas redes!

Polícia faz operação na Baixada Fluminense em busca de assassinos do empresário chinês

Wang Jinhong foi morto em uma tentativa de assalto em Duque de Caxias

Agentes vasculharam a comunidade atrás de Gabriel (E) e Wellington, mas eles conseguiram escapar
Agentes vasculharam a comunidade atrás de Gabriel (E) e Wellington, mas eles conseguiram escapar - Reproduções da internet

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil fizeram uma grande operação, nesta terça-feira, na comunidade Parque das Missões, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para tentar prender os acusados de matar o empresário chinês Wang Jinhong, de 63 anos, no dia 26 de agosto, durante uma tentativa de assalto.

Segundo as investigações, Wellington Henrique Alves, de 23 anos, e Gabriel Santos da Silva, de 19, fazem parte de uma quadrilha violenta de roubo de carros e motos e mataram o empresário a sangue frio depois que ele se assustou e demorou a obedecer a suas ordens. O carro usado pelos criminosos no dia do crime também era roubado. Nos últimos meses, essa quadrilha foi responsável pelo roubo de mais de 30 veículos, tanto na Baixada como na capital, de acordo com a polícia.

Os dois bandidos já haviam sido presos juntos por roubo e por porte ilegal de armas, mas estavam nas ruas. Eles já são considerados foragidos da Justiça. A participação de outros dois criminosos está sendo investigada.

O empresário foi morto à noite, por volta das 20h, na Rua Xavier Pinheiro, esquina com a Rua Silva Fernandes, no bairro Parque Beira-Mar, quando passava de carro com sua esposa, que testemunhou o crime. O latrocínio aconteceu a cerca de um quilômetro da comunidade Parque das Missões, onde os criminosos moram.

Números só aumentam

De acordo com dados levantados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), nos primeiros oito meses de 2018, o estado do Rio de Janeiro registrou um total de 35.915 roubos de carros. Já a área da 59ª DP (Duque de Caxias), onde o crime ocorreu, foram roubados 9.644 veículos, entre janeiro e agosto deste ano. Em todo o estado, no mesmo período de 2018, a Polícia Civil registrou 124 latrocínios.

Crime cresce no município

As tentativas de roubo que acabam na morte da vítima têm crescido dramaticamente no município de Duque Caxias, na Baixada Fluminense. Somente nos últimos oito meses, o número de casos está quase superando o de todo o ano de 2017. No ano passado foram registrados seis latrocínios no total. Neste ano, já foram sete assassinatos ocorridos durante tentativas de roubo.

Galeria de Fotos

Agentes vasculharam a comunidade atrás de Gabriel (E) e Wellington, mas eles conseguiram escapar Reproduções da internet
Gabriel (esq) e Wellington são acusados de integrar quadrilha Divulgação

Comentários

Mais notcias