Mais Lidas

PM procurado por desviar carga roubada tira a própria vida em batalhão de São Gonçalo

Caso aconteceu dentro do 7º BPM, onde os 14 policiais militares envolvidos no crime estão lotados

Além das prisões, foram cumpridos 56 mandados de busca e apreensão no batalhão e nas residências dos policiais. Um dos presos se suicidou no batalhão
Além das prisões, foram cumpridos 56 mandados de busca e apreensão no batalhão e nas residências dos policiais. Um dos presos se suicidou no batalhão -

Rio - Um sargento da PM procurado na operação contra 14 policiais militares que receptaram uma carga roubada tirou a própria vida dentro do 7º BPM, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na manhã desta quinta-feira. Havia um mandado de prisão por envolvimento com o grupo que desviou os produtos roubados contra o policial.

A ação cumpriu 12 dos 14 mandados de prisão e foi realizada pela 4ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) e da Delegacia de Homicídios de Niterói/São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) para prender PMs. Entre os presos da operação Purificação está Maikon Ewerton Santos de Almeida, tenente do 7º BPM (São Gonçalo), em sua casa.

O soldado Luiz Rafael Guedes Neves, que faz parte do bando, ainda está foragido. Além das ordens de prisão, são cumpridos 56 de busca e apreensão no 7º BPM e nas residências dos policiais. Foram apreendidas drogas, munições e carregadores onde os alvos moram e no batalhão. A ação tem o apoio do Ministério Público do Rio (MPRJ).