Mais Lidas

Jair Bolsonaro compartilha desinformação sobre tratamento da covid-19 e crítica a Luiz Mandetta

No vídeo compartilhado pelo presidente, Milton Cardoso diz que 'tiraram os poderes do chefe da nação'

Bolsonaro compartilhou um vídeo no Twitter que replica desinformações sobre o tratamento da covid-19
Bolsonaro compartilhou um vídeo no Twitter que replica desinformações sobre o tratamento da covid-19 -
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou um vídeo no Twitter no qual o colunista Milton Cardoso replica desinformações sobre o tratamento da covid-19 com hidroxicloroquina e azitromicina, além de criticar a gestão do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.
Não há comprovação científica sobre a eficácia da hidroxicloroquina e a OMS (Organização Mundial da Saúde) não recomenda o uso desse medicamento, derivados e coquetéis.
No vídeo compartilhado pelo presidente, o colunista diz que "tiraram os poderes do chefe da nação" e que a "vontade do presidente" de fazer o isolamento vertical foi barrada pelo STF que concedeu autonomia aos estados e município no combate ao novo coronavírus. A decisão do Supremo não impediu o governo federal de agir e tomar as ações que julgasse necessárias durante a pandemia, mas deu poderes aos governadores e prefeitos para adotar medidas compatíveis com a realidade local.
O colunista também criticou a gestão Mandetta, que foi chamada de marqueteiro. No início da pandemia, Mandetta recomendou que as pessoas só procurassem hospitais em caso de falta de ar combinada com outros sintomas, lembrou o colunista. A recomendação do ex-ministro foi feita para evitar o colapso do SUS (Sistema Único de Saúde) com uma onda crescente de pacientes procurando aparelhos de saúde de uma só vez, também para evitar a contaminação nos hospitais e postos de saúde.