Mais Lidas

Rio: dupla é presa por integrar milícia que controla venda ilegal de apartamentos

Criminosos foram presos em flagrante após uma denúncia de estelionato

Criminosos foram conduzidos para 58ª DP (Posse)
Criminosos foram conduzidos para 58ª DP (Posse) -
Rio - Policiais civis da 58ª DP (Posse) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira, dois suspeitos de integrarem uma milícia responsável por vender de forma ilegal apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida. Identificado como Iuri e Luan, a dupla atuava nos bairros Jardim Guandu, Campo Grande, Palhada e Fazendinha.

Segundo a Polícia Civil, uma vítima da dupla foi até a delegacia registrar um caso de estelionato após supostamente adquirir dois apartamentos e os mesmos não foram entregues. A vítima teria pagado R$ 2 mil em um apartamento no condomínio Minha Casa Minha Vida Campo Grande e R$ 800 por um apartamento no bairro Palhada, em Nova Iguaçu.

Ainda segundo a polícia, equipes realizaram um trabalho de monitoramento dos suspeitos e os localizaram dentro de uma loja em Nova Iguaçu. Na ação, policiais apreenderam diversos envelopes com documentações pessoais e dinheiro das vendas ilegais.

Eles foram conduzidos para a 58ª DP (Posse) e encaminhados para a Seap, onde ficarão à disposição da Justiça.