Mais Lidas

Italva: Foragido da justiça por assassinar a companheira é preso no Rio Grande do Sul

Após inquérito policial instaurado pela 148ª DP teria sido constatado que a vítima morreu com um golpe de faca dado pelo marido, no bairro Boa Vista, em Italva, no Noroeste Fluminense

Após inquérito policial instaurado pela 148ª DP de Italva, no Noroeste Fluminense, teria sido constatado que a vítima morreu com um golpe de faca dado pelo marido.
Após inquérito policial instaurado pela 148ª DP de Italva, no Noroeste Fluminense, teria sido constatado que a vítima morreu com um golpe de faca dado pelo marido. -
ITALVA - Um homem de 39 anos considerado foragido da Justiça de Italva, no Noroeste Fluminense, suspeito por assassinar a companheira no ano passado foi preso nesta terça-feira (16/03) no município de Caxias do Sul, no estado do Rio Grande do Sul. O DIA conversou com o delegado Dr. Rivelino da Silva Bueno, responsável pelas investigações, que ao receber a informação sobre o paradeiro do foragido entrou em contato com a Polícia Civil do RS tendo sido cumprido o mandado de prisão preventiva pelos agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Os policiais civis foram até o bairro São Giácomo e encontraram o suposto autor do homicídio de sua companheira, na época de 38 anos, em uma residência que supostamente servia como esconderijo para o homem. O crime ocorreu no dia 22 de fevereiro de 2020, na Rua José de Oliveira, no bairro Boa Vista. O réu no processo por homicídio qualificado pelo feminicídio ficará à disposição do Poder Judiciário, aguardando possível transferência para o sistema prisional do estado do Rio de Janeiro.
Entenda o caso - Após inquérito policial instaurado pela 148ª DP teria sido constatado que a vítima morreu com um golpe de faca dado pelo marido. O corpo da mulher estava caído no chão da cozinha e o objeto que seria a possível arma do crime foi apreendida no local. O suspeito fugiu, e teve a prisão preventiva imediatamente requerida pelo delegado Rivelino.