Mais Lidas

Portal dos Procurados busca informações sobre suspeitos de violência contra a mulher

Os suspeitos são foragidos da Justiça e procurados pela DEAM/Caxias

Portal dos Procurados pede informações sobre suspeitos de crimes de violência contra as mulheres
Portal dos Procurados pede informações sobre suspeitos de crimes de violência contra as mulheres -
Rio - O Portal dos Procurados pede informações sobre envolvidos em crimes de violência contra as mulheres. Os suspeitos são: Arikoerner de Castro Vianna, de 49 anos; Cleber Lopes, de 43; Jorge Luiz Cirino da Silva, de 40; José Humberto de Lima, de 55; Michel Porto de Moraes, de 39; Michel Roberto da Paixão, de 38; Rogério Lima dos Santos, 33; Ricardo Soares Queiroz, 40, e Christian de Oliveira, de 39 anos. Todos são foragidos da Justiça e procurados pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Duque de Caxias.
Os procurados são suspeitos pelos crimes classificados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) como violência contra a mulher. Segundo dados do ISP, estes crimes podem ser a ameaça, constrangimento, manipulação, isolamento, controle de dinheiro, exposição da vida íntima, bem como a agressão da integridade física por meio de ferimentos, queimaduras ou uso de arma de fogo.
Por outro lado, delitos como calúnia, injúria e difamação, são classificados como crimes de ação penal. Nestes casos, é necessária a manifestação da vítima para o início de uma investigação ou qualquer outra atividade persecutória das autoridades.
De acordo com o Disque Denúncia, foram registradas, em 2020, 1038 informações sobre crimes de violência contra as mulheres. Há 238 denúncias registradas de janeiro de 2021 até o momento. No mesmo período em 2020, foram cadastradas 138 denúncias, o que demonstra um aumento de 71% nas denúncias em relação aos dois períodos. Duque de Caxias aparece com 25 informações no banco de dados do Disque Denúncia em 2021.
Contra todos os envolvidos, consta mandado de prisão, expedido pela Comarca de Duque de Caxias Juizado da Violência Domiciliar e Familiar Contra a Mulher, sendo a maioria pelo crime de violência doméstica contra a mulher, descumprimento de decisão Judicial/medida protetiva de Urgência, lesão corporal decorrente de violência doméstica, ameaça e dano.
As denúncias sobre os autores do crime podem ser feitas através do WhatsApp do Portal dos Procurados (21 98849-6099); pelo Disque Denúncia (2253-1177 ou 0300-253-1122); pelo aplicativo Disque Denúncia RJ, além do Facebook e Twitter do Portal dos Procurados. O anonimato é garantido e as informações serão encaminhadas para a DEAM/Duque de Caxias (21 98596-7508).