• Siga o Meia-Hora nas redes!

Côrtes deixa a jaula

Ex-secretário de Cabral é solto por Gilmar Mendes

Côrtes sai de presídio em Benfica
Côrtes sai de presídio em Benfica - Luciano Belford

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu soltar o ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes, que comandou a pasta durante o governo de Sérgio Cabral (MDB-RJ) e foi preso na Operação Lava Jato. Mendes substituiu a prisão de Côrtes por medidas cautelares.

Em novembro de 2017, Côrtes disse que usou recursos do empresário Miguel Iskin para financiar as campanhas do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), e do candidato à prefeitura do Rio, Pedro Paulo (MDB). Côrtes e Iskin são acusados de participar do esquema de fraudes em licitações na saúde do Rio, que teria movimentado aproximadamente R$ 16 milhões.

O ex-secretário é acusado pelo Ministério Público Federal de receber propina em "equipamentos de segurança e contrainteligência".

Sérgio Côrtes deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio, por volta das 15h30. De acordo com o site G1, ele foi alvo da revolta de manifestantes na porta do presídio. O ex-secretário também teve dificuldade ao tentar fechar a porta do carro.

O ex-secretário terá que cumprir algumas medidas cautelares, como a proibição de manter contato com os demais investigados, a proibição de deixar o país devendo entregar seu passaporte em até 48 horas e o recolhimento domiciliar no período noturno e nos fins de semana e feriados

Galeria de Fotos

Côrtes sai de presídio em Benfica Luciano Belford
Sergio Cortes deixa a cadeia, após ser solto por Gilmar Mendes Reprodução de vídeo / Rede Globo

Comentários

Mais notícias