• Siga o Meia-Hora nas redes!

Bebê é salva no IML

Um bebê que nasceu após uma gestação de apenas 25 semanas (equivalente a seis meses) foi dada como morta, mas surpreendeu um funcionário de funerária, já no Instituto Médico-Legal (IML) de Osasco, em São Paulo. Ele percebeu que a menina respirava e aparentava uma coloração mais corada na pele, nada comum em cadáveres. Após um médico ser chamado, a recém-nascida foi internada na UTI Neonatal em função da "prematuridade extrema". O hospital abriu sindicância para apurar o caso. E também declarou, em nota, que "está dando toda a assistência e apoio à família do bebê, que está sob os cuidados médicos".

Comentários

Mais notícias