• Siga o Meia-Hora nas redes!

Zap cagoeta assassino

Polícia encontra conversa em que homem confessa ter matado rival

O que acabaria numa multa de trânsito acabou em acusação por assassinato. Isaque Souza Soares, de 22 anos, foi parado na quinta-feira por policiais militares após tentar escapar de uma blitz no bairro Uruguai, em Salvador (BA). Como não tinha o documento da moto que pilotava nem a carteira de habilitação, era inevitável passar pela delegacia para registrar ocorrência.

A situação do suspeito se agravou quando os policiais militares que fizeram a abordagem começaram a investigar o celular de Isaque e descobriram uma conversa no WhatsApp com um certo Jajai em que ele dizia: "Quem matou ele foi eu, mano. Mas fica suave entre nós". Segundo a polícia, Isaque se referia à morte de um rival cuja identidade está sendo mantida em sigilo.

Acusado de tráfico

Na delegacia, a polícia constatou que Isaque tem passagem por roubo e é suspeito de integrar uma quadrilha de traficantes. O suspeito de tráfico foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Comentários

Mais notícias