• Siga o Meia-Hora nas redes!

Suspeito se entrega na DP

Homem deu carona a ladrão que acabou morto por uma policial

O suspeito de participar da tentativa de assalto em uma escola no último sábado, que terminou com um ladrão morto por uma policial militar, em Suzano (SP), se entregou ontem à policia.

Kelvelliny Pitter Santos de Lima, de 24 anos, se apresentou com seu advogado e disse que apenas deu carona a uma amigo de infância e que não sabia que Elivelton Neves Moreira, de 20 anos, iria assaltar.

Ele contou que quando viu o amigo baleado se desesperou e ligou para a mulher, Fernanda Beatriz da Silva Ribeiro Barbosa, alegando que o carro havia sido roubado. Então, ele escondeu o veículo. A mulher registrou um boletim de ocorrência do roubo.

Com a grande veiculação do vídeo, Fernanda disse que percebeu que o carro era dela e pressionou o marido a falar, que acabou confessando ter dado carona a Elivelton.

O advogado do casal diz que os dois foram envolvidos "tragicamente" no crime: "Ele simplesmente deu uma carona para o conhecido de infância. Jamais ele ia saber que seria cometido um assalto. Pelo próprio vídeo dá para ver que ele continuou o trajeto e veio embora", afirma.

Comentários

Mais notícias