• Siga o Meia-Hora nas redes!

Tem 'lulu' para todos os gostos

Gosta de ver pênis? Então, vai lá!

Parte das 50 esculturas de pênis gigantes que existem no parque
Parte das 50 esculturas de pênis gigantes que existem no parque - AFP

A cerca de 60 km do Parque Olímpico de Pyeongchang, na Coreia do Sul, há outro parque onde os ídolos não têm nada a ver com os dos Jogos de Inverno: trata-se do Pênis Parque, lugar de veneração dedicado inteiramente ao órgão sexual masculino.

Apesar das celebrações pelo Dia de São Valentim (o Dia dos Namorados de lá, celebrado em 14/02), o parque não ficou lotado na quarta-feira. As temperaturas de inverno, como vem sendo registrado em Pyeongchang, não são um convite para caminhar pelo lugar. No parque, existem cerca de 50 pênis gigantes, esculpidos em diferentes materiais.

"Uma lenda diz que, um dia, uma jovem mulher, deixada por alguns instantes em uma rocha perto do mar por seu namorado, morreu afogada em razão de uma tempestade que impediu o homem de encontrá-la. Depois disso, o povoado de pescadores vizinho não pôde mais pescar. Não havia mais peixes", conta Seyoen Park, um dos guias do Pênis Parque.

"A maldição terminou quando um homem que se divertiu muito no mar conseguiu pescar novamente", completou.

Os moradores entenderam que a jovem havia morrido antes de conhecer os prazeres carnais e que desejava ver o sexo masculino. Os moradores decidiram então construir esculturas de pênis enormes para satisfazê-la", conclui.

O Pênis Parque faz parte de um complexo maior, chamado Haesindang Park, que abriu em julho de 2002, muito depois dessa lenda, cuja data não é exatamente conhecida. Porém, teria mais de 500 anos. Ali se encontra o maior museu marítimo da Coreia do Sul, que exibe diferentes objetos do folclore local e que tem um jardim botânico. Ano passado, 270 mil visitantes passaram por lá.

Comentários

Mais notícias