• Siga o Meia-Hora nas redes!

Mais de 100 meninas somem

Sumiço ocorreu após invasão de escola na Nigéria

Mais de 100 estudantes de uma escola de meninas no nordeste da Nigéria, atacada na última segunda-feira pelo grupo extremista Boko Haram, estão desaparecidas.

Os milicianos do Boko Haram, fortemente armados, invadiram a Girls Science Secondary School, na localidade de Dapchi, no estado de Yobe. Testemunhas contaram que as alunas e os professores da instituição feminina inicialmente fugiram. Preocupados, cerca de 50 pais, mães e tutores foram à escola em busca de respostas ontem, quando a polícia informou que 111 meninas continuavam desaparecidas.

"Nos dizem que elas se refugiaram em outras aldeias, mas estivemos em todos os lugares mencionados em vão. Começamos a temer que tenha acontecido o pior!", disse Abubakar Shehu, cuja sobrinha está no grupo das desaparecidas.

Inuwa Mohamed, cuja filha de 16 anos, Falmata, não reapareceu, confirmou que os pais haviam procurado suas filhas em todas as localidades próximas. "Ninguém nos diz nada oficialmente", disse.

O estado de Yobe é um dos mais atingidos pela atuação do Boko Haram. O ataque gerou temores de que ocorra um novo caso como o das 276 estudantes sequestradas em 2014 em Chibok pelos extremistas.

Comentários

Mais notícias