• Siga o Meia-Hora nas redes!

Atirador preso após matar pais

Caçada a estudante durou 15 horas

James: histórico de problemas
James: histórico de problemas - AFP

Depois de uma caçada que durou 15 horas, a polícia americana prendeu ontem James Eric Davis, de 19 anos, acusado de matar os seus pais, na véspera, em um prédio da Universidade Central de Michigan, na cidade de Mount Pleasant, onde ele estudava. James não resistiu à prisão.

Na sexta-feira, o jovem fugiu após abrir fogo contra os pais. Segundo a polícia, a arma usada por James no crime era do próprio pai, um policial. Ele só foi localizado após uma denúncia feita por um passageiro de trem, que o reconheceu.

A polícia de Michigan informou que os pais, que tinham ido visitá-lo, foram os únicos alvos de James, que já havia tido problemas anteriores com a lei. Na noite anterior ao crime, ele foi levado para um hospital, por conta do uso de drogas. De acordo com um comunicado da universidade, James teve uma overdose ou má reação às substâncias e recebeu alta horas antes de cometer o crime.

A universidade ficou fechada até que o estudante fosse encontrado. Para ajudar nas buscas, a polícia contou com helicópteros e agentes a pé. James era descrito como "perigoso" nos informes da cidade de Mount Pleasant, que orientavam moradores e estudantes a ficarem longe das ruas. As leis do estado permitem a posse de arma com autorização, mas a Universidade Central de Michigan proíbe o porte em todo o campus.

Comentários

Mais notícias