• Siga o Meia-Hora nas redes!

Dono do Face pede desculpas

Zuckerberg: 'Cometemos erros'

Zuckerberg reconhece falha
Zuckerberg reconhece falha - AFP

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, rompeu o silêncio ontem sobre o escândalo de mau uso de dados pessoais. Ele afirmou que a companhia cometeu erros e deve fazer mais para resolver o problema. "Temos a responsabilidade de proteger seus dados e se não pudermos, não merecemos servi-los. As medidas mais importantes para isto não ocorrer de novo foram tomadas há anos, mas também cometemos erros e há mais por fazer", escreveu em seu perfil.

O Facebook enfrenta uma grave crise depois que a empresa de análise de dados Cambridge Analytica foi acusada de obter sem consentimento dados de 50 milhões de usuários para elaborar um programa que permite prever a votação dos eleitores, com o qual influenciou a campanha de Donald Trump em 2016.

Aleksandr Kogan, psicólogo que desenvolveu o aplicativo This is Your Digital Life (Esta é a sua vida digital), usado pela Cambridge Analytica, disse ontem que o mesmo era legal e se ajustava aos termos de uso. Ele disse que a empresa o está fazendo de "bode expiatório" ao culpá-lo de uso ilegal dos dados. "Achei que agíamos de forma apropriada", disse.

Comentários

Mais notícias