• Siga o Meia-Hora nas redes!

Telegram ameaçado

Rússia quer códigos do aplicativo

Rússia quer bloquear o app
Rússia quer bloquear o app - AFP

O Telegram, programa de mensagens instantâneas semelhante ao Whatsapp, pode estar com os dias contados. Ontem, o órgão regulador de telecomunicações da Rússia pediu o bloqueio do sistema por não entregar ao serviço russo de segurança (FSB) as chaves de criptografia, códigos que permitiriam ler as mensagens dos usuários. O aplicativo criado pelo russo Pavel Durov, que deixou o país em 2014, é conhecido por oferecer alto nível de privacidades nas conversas.

O processo contra o Telegram foi instaurado no tribunal de Moscou. A defesa alega que as exigências das autoridades são inconstitucionais e impossíveis de aplicar.

Pelo Telegram, a defesa já havia explicado que as exigências das autoridades são "inaplicáveis" do ponto de vista técnico, devido ao complexo sistema de encriptação.

Desde que foi lançado em 2013, o aplicativo conquistou 200 milhões de usuários em todo o mundo e é considerado por especialistas uma alternativa mais segura ao Whatsapp.

Comentários

Mais notícias