• Siga o Meia-Hora nas redes!

Comia e saía à francesa

As vítimas do 'come e corre' contam histórias parecidas. "O cara é muito desagradável. Quem pede duas entradas? Para se desculpar, ele disse que era fisiculturista. Depois falou que ia ao banheiro e voltava logo, mas nunca voltou", contou uma vítima.

"Quando só tinha metade de uma batata cozida no prato, ele recebeu um telefonema e disse que precisava atender. O garçom voltou, avisou que ele não estava do lado de fora e perguntou se era nosso primeiro encontro. Quando falei que 'sim', ele retrucou que eu havia sido deixada de lado", lamentou outra. Oito das dez vítimas pagaram a conta sozinhas, uma com promessa de ressarcimento, e outras duas tiveram a conta arcada pelos restaurantes.

Comentários

Mais notícias