• Siga o Meia-Hora nas redes!

Fazendo escolhas certas

Nutricionista ensina como aproveitar as delícias típicas das festas juninas sem exagero

Você sabia que não precisa sair da dieta ou pensar nas horas que vai ter que compensar na academia para aproveitar tudo das comidas típicas das festas juninas? É possível fazer escolhas mais saudáveis e, ainda assim, deliciosas.

No geral, devemos evitar alimentos ultraprocessados, como paçoca e salsicha, por conterem muito açúcar, gordura e sal, além das frituras, como o pastel.

"O ideal é optar por alimentos que foram feitos na hora e não aqueles comprados e embalados para o consumo", comenta a nutricionista Sarah Warkentin, da Cia. da Consulta, em São Paulo. Milho verde, pipoca, pinhão, bolos caseiros sem coberturas e amendoim são grandes aliados para aproveitar as festas com moderação.

O milho é uma das melhores opções tanto pela variedade com que pode ser utilizado como bolo, espiga, pipoca, pamonha quanto pelos benefícios que pode proporcionar. "Este grão não possui glúten, sendo apropriado para celíacos, e contém a tiamina, uma vitamina do complexo B, importante para o funcionamento do sistema nervoso, dos músculos e do coração", indica Sarah. Ela explica que o milho ainda auxilia no funcionamento do trato gastrointestinal por ser rico em fibras.

Outro prato típico à base de milho que se consome muito em festas juninas é a canjica, mas o ideal é ser cauteloso. Segundo a nutricionista, geralmente ela contém muito açúcar por conta da presença do leite condensado.

Comentários

Mais notícias