• Siga o Meia-Hora nas redes!

Com sede de vingança

Acusada da morte de Remy, Luzia vai se vingar de Karola e Laureta

Uma grande reviravolta vai tomar conta de Segundo Sol, da Globo. Com a chegada do centésimo capítulo, que vai ao ar na primeira quinzena de setembro, os personagens da novela de João Emanuel Carneiro ganharão um novo rumo, a começar por Luzia (Giovanna Antonelli). Ela vai ser acusada injustamente pelo assassinato de Remy (Vladimir Brichta) e se tornará foragida da polícia. Inconformada e com sede de justiça, a DJ promete se vingar de Karola (Deborah Secco) e Laureta (Adriana Esteves).

"O que vai marcar essa terceira fase é que a Luzia vai ser acusada novamente por um crime que ela não cometeu e vai se vingar. Ela não vai cometer nenhuma barbaridade, o público não vai ficar com ódio dela. Ela volta em busca de justiça, com sangue nos olhos", adiantou João Emanuel Carneiro em coletiva realizada nos Estúdios Globo, ontem.

E para isso, Luzia contará com a ajuda de Beto Falcão (Emílio Dantas). "Depois de muito vai e vem, o casal vai ficar junto. O Beto vai estar ao lado de Luzia durante todo seu plano de vingança. Vai ser um pilar dessa reviravolta da personagem", disse o autor.

Segundo João Emanuel, a morte de Remy já estava programada na sinopse da novela. "Ele é um objeto sexual que se revoltou. Precisava de um caminho interessante."

João Emanuel também falou sobre o futuro de Roberval (Fabrício Boliveira) na história. "O Roberval não vai morrer", afirmou o autor, que contou que o empresário vai comprar a mansão dos Athayde e todos passarão a viver sob o mesmo teto. "É um família descomposta, que acaba ficando junta, mesmo que de uma maneira torta", comentou ele.

Comentários

Mais notícias