• Siga o Meia-Hora nas redes!

Pães e massas vão ficar mais caros

Alta do dólar vai puxar os preços para cima

Os amantes de massas em geral vão sentir um aperto no bolso, na hora da compra. Os preços do macarrão, do pãozinho doce e do bolo da padaria vão sofrer aumentos por conta da alta do dólar, que fechou em R$ 3,52 ontem, uma das maiores cotações desde 2016. É possível que os valores dos produtos derivados do trigo subam 10% ainda este mês.

Segundo a presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Rio, Fernanda Hipólito, produtos com massa amarela, aquelas com outros insumos, como leite e ovo, vão aumentar de valor de qualquer forma. Entretanto, a entidade vai fazer de tudo para que o pão francês não fique mais caro para o consumidor.

"Nossa maior determinação, hoje, é segurar o preço do carro-chefe, que é o pão francês, e não repassar o aumento do custo", disse.

Já Geraldo Gonçalves, presidente do Sindicato do Trigo (SindiTrigo) e dono do Moinho Cruzeiro do Sul, afirmou que o aumento previsto é de 10% a 15% no produto final.

"A gente compra o trigo argentino em dólar. Com ele alto, o trigo vai aumentar cerca de 40% para nós", declarou. "O sindicato pode até tentar segurar, mas eu acho difícil eles conseguirem não repassar o preço", completou.

Comentários

Mais notícias