• Siga o Meia-Hora nas redes!

Filho da Mãe

Franciney Sousa, de 24 anos, trabalhava como garoto de programa com o nome de Tchelo Tripé, em São Paulo. Para a mãe dele, Leonora Sousa, de 48, muito religiosa, o rapaz dizia ser cuidador de cães de gente rica e que ganhava roupas de marca, perfumes importados e tênis caro de presente dos clientes. Vaidosa, a mulher não escondia de ninguém o orgulho do filho bem relacionado. Ontem, Leonora estava na rua quando precisou usar um orelhão. Enquanto conversava, a mulher avistou uma foto do filho e reconheceu Franciney. Desesperada, ela decidiu se vingar do rapaz. Leonora combinou com um amigo uma cilada para o filho dela e marcou um encontro sexual com Tchelo Tripé. Quando o garoto de programa chegou na casa, foi recebido pela mãe, que deu uma surra em Franciney. A polícia chegou e prendeu Leonora e o amigo como cúmplice. Tchelo Tripé também foi preso por ter agredido a mãe. Na delegacia o garoto de programa e o amigo de Leonora se entenderam muito bem. Ai, papai. Socorro, Pedro Augusto! Quanta sacanagem. Quanta violência, meu Deus!

Comentários

Mais notícias