• Siga o Meia-Hora nas redes!

Tacou fogo no porteiro

Polícia já identificou o suspeito, que está foragido

O homem que jogou gasolina e incendiou um porteiro, ontem, em Teresópolis, na Região Serrana, já teve a prisão temporária pedida e está foragido. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o agressor, identificado como Marcelo Cavalcante Gomes, ateou fogo ao porteiro Jefferson Quintanilha Souza, de 23 anos. As imagens foram analisadas por agentes da 110ª DP (Teresópolis), que investigam a motivação para um crime tão brutal.

Jefferson foi levado para o Hospital das Clínicas de Teresópolis. Segundo o hospital, ele teve cerca de 60% do corpo queimado. Ele foi transferido de helicóptero, à tarde, para o Hospital Estadual Vereador Melchiades Calazans, em Nilópolis, especializado em queimaduras, e seu estado de saúde é muito grave.

As imagens das câmeras de segurança do conjunto habitacional onde Jefferson trabalha, mostram, além do ataque covarde, o desespero da vítima em chamas, correndo para sair da cabine, enquanto o agressor deixa o local tranquilamente.

De acordo com informações do 30°BPM (Teresópolis), os policias militares que atenderam a ocorrência, na Avenida Feliciano Sodré, encontraram a cabine em chamas e o porteiro ferido.

Comentários

Mais notícias