• Siga o Meia-Hora nas redes!

Macarrão soltinho

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a liberdade condicional de Macarrão terá algumas condições: comprovar ocupação lícita em 30 dias; comparecer mensalmente em juízo para provar residência fixa e permanência em ocupação lícita; não mudar de residência, nem se ausentar sem prévia autorização judicial; e se recolher às 22h em sua residência até as 6h da manhã, salvo se comprovar atividade lícita nesse horário. Além disso, Macarrão não poderá frequentar bares, boates, casas de prostituição e locais de reputação duvidosa. No dia 31, será realizada audiência na qual Macarrão deverá assinar um termo concordando com as condições do regime semiaberto.

Comentários

Mais notícias