Mais Lidas

Protetor dos animais

Devotos de São Francisco de Assis fazem fila em igreja no dia do santo

Mesmo com a chuva fina, os devotos de São Francisco de Assis fizeram fila, ontem, para assistir a uma das missas realizadas em homenagem ao dia do santo protetor dos animais, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio. As celebrações marcaram o 75º aniversário da paróquia e contaram com a tradicional bênção dos pets, feita na parte externa da igreja.

As missas no interior da capela seguiram um rigoroso protocolo de segurança, que tinha como objetivo reduzir o risco de contaminação pela Covid-19. Apenas os fiéis cadastrados com antecedência puderam acessar o templo. Para o controle, uma lista com os nomes de todos os devotos foi usada por voluntários. Já a bênção para os animais foi feita na parte externa da igreja, sem a necessidade de agendamento.

Segundo Frei Ariel Ribeiro da Costa, que já abençoa os pets há 30 anos, a mensagem da celebração neste período é de amor pelo meio ambiente e por todos os seres vivos, principalmente no Pantanal. A área tem sofrido com os recentes incêndios devastadores.

"Deus nos criou todos iguais. Deus nos deu a oportunidade. Criou o mundo e o fez bem. Se ele fez tudo que existe de bom e viu que era bom, o homem tem que cuidar do seu semelhante. E o seu semelhante não é só o ser humano, mas também as criaturinhas, os animais, o meio ambiente. É importante saber cuidar da nossa casa em comum, que é a natureza", disse o Frei Ariel.