Mais Lidas

Agentes investigam se incêndio em hospital de São Gonçalo foi criminoso

Imagens de câmeras de segurança do local mostram um funcionário saindo da unidade de saúde minutos antes do incidente acontecer

Incêndio atinge hospital em São Gonçalo
Incêndio atinge hospital em São Gonçalo -
Rio - A polícia está investigando se o incêndio que atingiu o Hospital e Clínicas São Gonçalo (HCSG), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, nesta quinta-feira (24), foi criminoso. De acordo com as primeiras informações, há imagens de câmeras de segurança do local que mostram um funcionário saindo da unidade de saúde minutos antes do incidente acontecer. Ele, que não teve a identidade revelada, será ouvido ainda esta semana na delegacia que investiga o caso.
O delegado que acompanha as investigações, Allan Duarte, disse em entrevista ao DIA, que todas as hipóteses estão sendo checadas e que aguarda o laudo da perícia e a oitiva de testemunhas para identificar as causas do incêndio.
UM MORTO E TRÊS FERIDOS
O incêndio, que aconteceu na tarde desta quinta-feira deixou um paciente morto e outras três pessoas feridas. A vítima fatal foi identificada como Carlos Santos, de 62 anos. De acordo com as primeiras informações, o paciente estava internado na UTI para tratar a covid-19. Outras três pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para outra unidade de saúde. O estado delas é considerado estável. 
Em nota, o HCSG disse que segue todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde e Vigilância Sanitária. Além disso, zela pelo bem-estar da população e de quem necessita dos seus serviços. "Prezamos pelo cumprimento de nossos valores e de nossa missão: salvar e preservar vidas", afirma parte da nota.
Procurada para comentar sobre o caso, a Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento e que uma perícia foi realizada no local.