Mais Lidas

Vacinação contra gripe começa nesta quarta-feira no Rio

Quem já teve covid-19 e quem já tomou a vacina contra o novo coronavírus também pode ser imunizado

Recomendação é de médicos infectologista
Recomendação é de médicos infectologista -
Rio - A Secretaria de Estado de Saúde, por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS), dará início à vacinação contra a gripe nesta quarta-feira (14) em todo o Estado do Rio. Segundo a SES, a expectativa é de que 6,8 milhões de pessoas sejam imunizadas. O número corresponde a 90% dos grupos prioritários, como crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, entre outros.

A vacinação terá três fases:

Primeira fase de 12 de abril a 10 de maio: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde;

Segunda fase de 11 de maio a 8 de junho: idosos e professores;
Terceira fase de 9 de junho a 9 de julho: pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Aqueles que tomarão a vacina da gripe precisarão ficar atentos ao intervalo entre a aplicação das vacinas. Quem tomar a vacina contra a gripe deve esperar 15 dias para receber a dose contra covid-19; quem receber a primeira dose da CoronaVac precisa aguardar 45 dias para se vacinar contra gripe; já quem tomar a Oxford-AstraZeneca vai esperar 15 dias para ser vacinado contra gripe.

Pessoas com diagnóstico e/ou sinais sugestivos de gripe ou COVID-19 devem aguardar 15 dias após o fim dos sintomas para se vacinarem.