Mais Lidas

Alemão tem mais de cinco horas de tiroteio durante ação da Polícia Militar

PMs chegaram a entrar na casa de moradores para atirar; disparos atingiram várias residências

Disparos atingiram várias residências
Disparos atingiram várias residências -
Policiais militares e bandidos já se enfrentam há mais de cinco horas no Complexo do Alemão. O confronto acontece durante uma operação do Comando de Polícia Pacificadora (CPP), que está no local desde antes das 6h. Os tiros no conjunto de favelas da Zona Norte do Rio foram ouvidos até pelo menos pouco antes das 11h.
O intenso tiroteio acontece em diversas localidades, principalmente na Fazendinha, Nova Brasília, Canitá e Grota. Na Alvorada, PMs foram vistos atirando de dentro de casas de moradores. Várias outras residências foram atingidas pelos disparos.

Galeria de Fotos

Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Disparos atingiram várias residências Reprodução / Internet
Tiros atingiram uma residência Reprodução / Internet
Tiros atingiram uma residência Reprodução / Internet
Operação acontece desde o fim da madrugada WhatsApp O DIA (21-98762-8248)
Operação acontece desde o fim da madrugada WhatsApp O DIA (21-98762-8248)
PMs dentro da casa de morador WhatsApp O DIA (21-98762-8248)
Policial dentro de casa de morador WhatsApp O DIA (21-98762-8248)
Um blindado da secretaria participa da ação WhatsApp O DIA (21-98762-8248)
Os moradores também relataram que algumas ruas ficaram sem luz porque tiros teriam atingido parte da fiação elétrica da região. A Light confirmou a informação e disse que restabeleceu o fornecimento de energia para trechos de ruas da Nova Brasília, que ficou sem luz de 8h23 até as 9h08.
A PM informou que a operação de hoje é para encontrar os responsáveis pelo ataque a PMs na Fazendinha, que acabou com a morte do cabo Rafael dos Santos Neves, na terça-feira. Moradores denunciam que estão tendo suas casas reviradas e objetos roubados pelos agentes.
Perguntada pelo DIA sobre as denúncias contra policiais militares durante a operação, a PM disse, em nota, que "está atenta aos relatos e imagens que circulam nas redes sociais a respeito de supostos excessos cometidos por seus policiais"; veja a nota na íntegra!
"A Secretaria de Estado de Polícia Militar esclarece que as operações desencadeadas pela Corporação são pautadas por informações da área de inteligência e seguem protocolos rígidos de execução.

A Polícia Militar está atenta aos relatos e imagens que circulam nas redes sociais a respeito de supostos excessos cometidos por seus policiais na ação no Complexo do Alemão nesta sexta-feira (06/09). Caso sejam comprovados, serão devidamente responsabilizados.

A operação em andamento no Complexo do Alemão tem por objetivo verificar dados do Setor de Inteligência a respeito da localização de criminosos que atacaram policiais militares na comunidade da Fazendinha na última terça-feira (03/09). Nesta mesma ação criminosa, o Cabo Rafael dos Santos Neves foi vitimado fatalmente.

É importante ressaltar que os canais da Corregedoria da Polícia Militar seguem à disposição dos cidadãos através do aplicativo WhatsApp pelo número (21) 97598-4593, por telefone pelo número (21) 2725-9098 ou ainda pelo e-mail [email protected]".