Mais Lidas

Tá 'zunino' até agora

Flu cede empate aos 42 da etapa final e ida às semifinais da Sula fica mais difícil: 1 a 1

O atacante Luciano lamenta seu gol anulado: o empate cedido em casa foi ruim para o Tricolor
O atacante Luciano lamenta seu gol anulado: o empate cedido em casa foi ruim para o Tricolor -

O Fluminense cedeu no fim o empate em 1 a 1 ao Nacional do Uruguai, ontem, no Engenhão, e, nas quartas de final, saiu em desvantagem de um jogo de ida pela primeira vez nesta Copa Sul-Americana. Para se classificar às semifinais com empate, o Tricolor terá de fazer ao menos dois gols no Parque Central, em Montevidéu, na próxima quarta-feira. Pelo critério do gol qualificado, um 0 a 0 favorece o time uruguaio e um novo 1 a 1 levará a decisão aos pênaltis.

Quem passar enfrentará o vencedor de Atlético-PR x Bahia, a ser definido no mesmo dia.

Sem Gilberto e Léo, lesionados, e Igor Julião, não inscrito, o técnico Marcelo Oliveira escalou o atacante Matheus Alessandro na lateral direita. E viu o Flu se segurar como podia. Ayrton Lucas salvou de cabeça quando Zunino encobriu Julio César, aos 10, e a bola foi para fora em chute de Romero, aos 14.

O Tricolor, então, encontrou a melhor maneira de segurar o ímpeto dos uruguaios. Fez o gol. Após Sornoza cobrar falta, Gum marcou de cabeça. O zagueiro só pôde comemorar após a arbitragem de vídeo (VAR) liberada a partir desta fase validar o lance.

Marcelo trocou Matheus Alessandro por Airton no intervalo e o volante foi o retrato da falta de qualidade técnica do segundo tempo. O Tricolor teve posse de bola, mas abusou da troca de passes e pouco criou. Até balançou a rede, aos 30, mas Luciano estava impedido quando rebebeu a bola de Everaldo e driblou o goleiro Conde para marcar. Antes, aos 24, o Flu lamentou a saída de Gum, que se contundiu após ganhar uma dividida na área, e deu lugar a Paulo Ricardo.

O Nacional pouco incomodou, mas achou o empate aos 42 minutos. Após cobrança de escanteio, Zunino marcou de cabeça.

Gum machucou joelho e tornozelo direitos

Autor do gol e destaque do Fluminense na partida, Gum lamentou por ter se machucado em duas partes da perna direita durante o empate de ontem. O zagueiro dificilmente terá condições de entrar em campo contra o Santos, sábado, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão, e contra o mesmo Nacional no jogo de volta da Sula, semana que vem. Ele ainda será avaliado.

"Estou preocupado, chateado. É ruim de ter que sair antes do fim. Travei o chute e ele (jogador do Nacional) caiu em cima de mim. Não sei direito, foi muito rápido. Mas virou o joelho e o tornozelo. Senti uma pontada nos dois. Tomara que não seja grave", disse Gum à TV Globo.

Em 10 jogos contra o Nacional, o Flu perdeu cinco, empatou quatro e venceu só um.