Mais Lidas

Falta qualificação...

... e sobram ofertas para profissionais de tecnologia em meio à transformação digital

NUVEM EMPREGO
NUVEM EMPREGO -

A transformação digital abriu espaço para profissionais de tecnologia. Mas não há qualificação para o nível de capacitação exigido pelo mercado. O cientista de dados, por exemplo, é capaz de resolver desafios de negócios. Para especialistas em computação em nuvem, ambientes virtuais em que softwares processam milhares de dados em tempo real, as chances irão crescer cerca de 40% ao ano até 2022, segundo a consultoria IDC. "São tipos de serviços que são de utilização pública, como aplicativos que calculam o melhor trajeto a ser percorrido. Ou quanto tempo levará para chegar o táxi que foi solicitado pelo celular", explica Pietro Delai, gerente de consultoria e pesquisa da IDC Brasil.

A startup BiPTT, aplicativo que transforma smartphones em rádios PTT para comunicação corporativa, se enquadra no cenário de vagas ociosas. "Ainda não conseguimos fechar um time", lamenta o CEO Edgar Crespo. Os currículos podem ser enviados para [email protected]

A Tata Consultancy Services (TCS), que orienta empresas em processos de transformação digital, pretende contratar 500 profissionais até junho. Inscrições pelo site ibegin.tcs.com/iBegin/register.